Pixabay License Grátis para uso comercial Atribuição não requerida

Moçambique: Governo preocupado com incumprimento na luta contra a Covid-19

O Governo moçambicano manifestou a sua preocupação no que diz respeito ao incumprimento das medidas de prevenção da Covid-19, tendo prometido endurecê-las na próxima semana caso não haja mudanças no comportamento dos cidadãos.

Uma vez que muitas medidas anunciadas para travar o novo coronavírus estão a ser ignoradas pela população, acrescentou, na sessão ordinária do Conselho de Ministros desta quarta-feira, 17 de julho, foi deixado o aviso de que poderão ser reforçadas as medidas para se evitar novas contaminações.

“Esta sessão olhou com muita preocupação a questão da não observância da quarentena, o não encerramento de alguns estabelecimentos, a não observância do distanciamento social imposto, situação que leva a que ao longo da próxima semana, em função da evolução que se constatar, tenha de ser feita outra tipologia de análise visando a tomada de outro tipo de medidas, visando inverter o cenário”, informou o porta-voz do Conselho de Ministros, Filimão Suazi.

No encontro foi ainda decidida a fixação de 30% no subsídio de risco para alguns profissionais da Saúde como forma de reconhecimento do trabalho difícil prestado, estando os mesmos na linha da frente do combate à pandemia.

“O decreto pretende rever o subsídio de risco atribuído aos profissionais da Saúde do Serviço Nacional de Saúde e as áreas afim que trabalham em situações excecionais ou em situações de grande incidência endémica ou epidémica e as que envolvem exposição ao raio X, substâncias radioativas e tóxicas para minimizar o desgaste físico e psicológico causados pela constante exposição aos riscos biológicos, que leva ao desenvolvimento a doenças infecto-contagiosas como HIV, tuberculose pulmonar, hepatite, lesões músculo-esqueléticas e doenças cancerígenas”, esclareceu Suazi.

O decreto inclui profissionais enquadrados na carreira de saúde de regime especial diferenciado e não diferenciado, nas carreiras de regime geral, motoristas de ambulâncias, serventes, transportadores de macas, profissionais de carreira de regime geral específico afetos a unidades laboratoriais e de investigação em Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Putin aconselha países vizinhos a não agravarem situação de guerra

Putin aconselha países vizinhos a não agravarem situação de guerra

O Presidente russo recomenda aos países vizinhos da Rússia que “não agravem a situação, não imponham limitações”. Vladimir Putin diz…
Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

A Liga dos Bombeiros Portugueses anunciou nesta sexta-feira, 04 de março, que vai enviar na segunda-feira para a Ucrânia oito…
Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau recebe este sábado 05 Março a visita primeiro-ministro português, António Costa, que permanecerá no país 48 horas. Segundo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin