Moçambique: Governo prevê investir 202 biliões de meticais para alavancar economia

O Governo moçambicano prevê investir, em 2022, um montante de 202.6 biliões de meticais para alavancar o crescimento económico, a produtividade e gerar emprego, segundo a “Carta de Moçambique”. Esse valor corresponde a 45% da despesa total, avaliada em 450.5 biliões de meticais. 

Na Proposta do Plano Económico e Social e Orçamento do Estado para 2022, o Governo explica que a quantia referida visa a criação de riqueza nas famílias e a redução das desigualdades sociais. Estes são apontados como os principais pressupostos para a criação de condições básicas para o desenvolvimento económico e social. 

Dessa forma, prossegue, será garantida a recuperação da economia e o aumento da produtividade, o que irá levar a uma maior atração de investimentos e à criação de mais empregos. 

De acordo com a mesma fonte, uma das prioridades do Executivo consiste na criação de 272,7 mil novos empregos, dos quais 16,6 mil pelo setor público, 234,7 mil pelo setor privado e 21,3 mil no exterior. Estima igualmente a aquisição e alocação de 866 kits de autoemprego, o financiamento de 1.050 projetos de iniciativas juvenis para o autoemprego e a geração de rendimentos, 220 empresas de jovens através da competição de planos de negócio no âmbito do Programa Emprega. 

A Proposta do Plano Económico e Social e Orçamento do Estado para 2022 foi recentemente aprovada pelo Conselho de Ministros. Falta agora a aprovação da parte da Assembleia da República.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin