Moçambique: Governo quer usar 62% de energias renováveis até 2030

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, afirmou que o país quer usar 62% de energias renováveis até 2030. O compromisso foi assumido nesta terça-feira, 02 de novembro, no discurso realizado na Cimeira dos líderes mundiais no quadro da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-26). 

“Constitui prioridade para Moçambique a implementação de um programa de transição energética assente numa matriz diversificada, com fontes mais limpas e amigas do ambiente, que estão em consonância com os programas de desenvolvimento do nosso país”, declarou o governante, citado pelo jornal “O País”. 

As apostas indicadas foram as energias hidroelétrica, solar e eólica. No entanto, Agostinho do Rosário realçou que deixar de produzir energia com base em fontes fósseis tem custos e, como tal, trata-se de um processo que necessitará de ser efetuado de forma faseada. 

“Moçambique defende uma transição energética para energias mais limpas e amigas do ambiente que seja gradual e faseada, de modo a minimizar o impacto no processo de desenvolvimento económico do nosso país”, explicou. 

Segundo o primeiro-ministro, Moçambique pretende fazer o processo de transição energética através do gás natural, apesar de este não ser considerado uma energia amiga do ambiente. “Moçambique se propõe a utilizar o gás natural como energia de transição para fontes mais limpas”, partilhou, de maneira a que sejam alcançados os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Angola: Tribunal Constitucional extingue APN e líder recorre

Angola: Tribunal Constitucional extingue APN e líder recorre

O Tribunal Constitucional de Angola extinguiu o partido político Aliança Patriótica Nacional (APN), através de uma carta de solicitação da…
Moçambique: MDM garante que "jamais fará oposição à oposição"

Moçambique: MDM garante que "jamais fará oposição à oposição"

O MDM declarou em conferência de imprensa que está aberto à ideia de fazer uma coligação com os restantes partidos…
Moçambique: Professor e agente da FADM detidos por envolvimento no tráfico de drogas

Moçambique: Professor e agente da FADM detidos por envolvimento no tráfico de drogas

A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve na última semana duas pessoas, Distrito de Namacurra, na província da Zambézia,…
Brasil: atentado a escolas deixa quatro mortos e 13 feridos

Brasil: atentado a escolas deixa quatro mortos e 13 feridos

O estado do Espírito Santo, no Brasil, viu duas das suas escolas serem alvo de atentados, no último dia 25…