Moçambique: Governo tirou dinheiro a comunidades afetadas

O Governo afirmou que transferiu 83,4 milhões de meticais para as comunidades afetadas pela indústria extrativa em Moçambique. Tal está exposto no nono Relatório de Execução do Orçamento do Estado (REOE) de 2019.

Essa quantia vem de 2.75% das receitas vindas da produção das empresas do setor mineiro e petrolífero, de acordo com as leis de minas e petróleos.

Apesar de ter transferido uma parte dessa quantia, o Governo não desembolsou a verba na totalidade. A informação consta igualmente no relatório, efetuado no âmbito da Iniciativa de Transparência na Indústria Extrativa (ITIE).

“O montante de 83,4 milhões de meticais acima indicado não corresponde a 2.75% do Imposto sobre a produção de 2017 (a metodologia de transferência de fundos às comunidades consiste na disponibilização de recursos com base nas receitas do ano, n-2, ou seja, receitas cobradas no ano de 2017), indicado no REOE de 2017”, pode ler-se no documento.

“Isto é, o REOE de 2017 indica um total de 4.239,69 milhões de meticais referentes ao imposto de produção, sendo que 2,75% deste valor corresponde a cerca de 116,59 milhões de meticais, resultando numa diferença de 33,19 milhões de meticais”, lê-se ainda.

Além da transferência de um valor que não corresponde, o informe denuncia que o relatório de 2019, feito pelo Governo, não permite verificar o critério usado para repartir o valor a alocar para cada comunidade e também para quais atividades os fundos foram dirigidos.

O mesmo relatório refere que várias empresas mineiras que operam em Moçambique lesaram o Estado em 22.8 milhões de meticais com falsas declarações de pagamento de impostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar…
Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

A maioria dos candidatos presidenciais assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pacto da unidade nacional. O objetivo é assegurar a…
Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Já estão abertas as inscrições para uma formação gratuita em Marketing Digital na ilha da Brava, avança “A Nação”. Esta…
Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin