Moçambique: Guebuza ouvido em outubro no caso “dívidas ocultas”

O julgamento das “dívidas ocultas”, maior caso de corrupção do pós-independência em Moçambique, vai começar a 23 de agosto. Recorde-se que foi esta situação que fez com que fosse suspenso o auxílio orçamental ao país por parte dos seus parceiros externos.

Sabe-se que o primeiro réu a ser ouvido será Cipriano Mutota, ex-quadro do Serviço de Informações e Segurança do Estado (SISE), secreta moçambicana. Já o último réu a ser ouvido será António Carlos do Rosário, a 01 de setembro. Vão ser ouvidos dois réus por dia, num total que ultrapassa os dez declarantes.

O antigo Presidente da República, Armando Guebuza, vai ser ouvido como declarante a 06 de outubro. Já o atual chefe de Estado de Moçambique, Filipe Nyusi, que na altura em que aconteceram as referidas dívidas era ministro da Defesa de Guebuza, encontra-se fora da lista de declarantes.

O filho de Armando Guebuza, Ndambi, está igualmente envolvido no processo, sendo um dos réus detidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin