Secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres

Moçambique: Guterres condena terrorismo em Cabo Delgado

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, condenou os alegados massacres ocorridos na semana passada na província de Cabo Delgado. Os invasores armados terão submetido a população a maus-tratos, assassinado e destruído casas e bens, entre os quais infraestruturas públicas e privadas. 

Guterres disse estar “chocado com os recentes relatos de massacres perpetrados por grupos armados (…) em várias aldeias na província de Cabo Delgado, incluindo a decapitação e rapto de mulheres e crianças”. Esta afirmação pode ler-se num comunicado divulgado pelo porta-voz, Stephane Dujarric. 

As declarações do secretário-geral das Nações Unidas surgiram em consequência da veiculação pela imprensa nacional e internacional de informações relacionadas com o sequestro e a decapitação de mais de 50 pessoas na aldeia de Muatide, no distrito de Muidumbe. O crime terá ocorrido “num campo de futebol que se transformou num campo de extermínio”. 

Neste âmbito, o secretário-geral das Nações Unidas condenou então veementemente essa brutalidade atroz” e instou as autoridades moçambicanas “a conduzir uma investigação sobre esses incidentes e a responsabilizar os responsáveis”. 

António Guterres reiterou o compromisso da organização internacional que representa em continuar a apoiar a população e o Governo moçambicano na abordagem urgente das necessidades humanitárias imediatas e nos esforços para defender os direitos humanos, promover o desenvolvimento e prevenir a propagação do extremismo violento. 

Recorde-se que Cabo Delgado é alvo de frequentes ataques armados desde outubro de 2017. As mortes já terão ultrapassado a contagem de três mil vítimas, além de haver mais de 300 mil deslocados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné Equatorial assina Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares

Guiné Equatorial assina Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares

A Guiné Equatorial assinou o Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares, aprovado por uma conferência diplomática na Organização das Nações…
Engenharia Mecânica da Universidade de Coimbra assinala 50 anos

Engenharia Mecânica da Universidade de Coimbra assinala 50 anos

No âmbito das comemorações dos 50 anos da criação dos cursos de engenharia na Universidade de Coimbra (UC), o Departamento…
Alemanha atinge recorde de população com refugiados ucranianos

Alemanha atinge recorde de população com refugiados ucranianos

A Alemanha alcançou o número mais elevado de população da sua história, segundo o Gabinete Federal de Estatísticas do país…
Revista de Imprensa Lusófona de 27 de setembro de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 27 de setembro de 2022

No Brasil o “Estadão” tem em manchete o título “Lula esconde plano final de governo a cinco dias do 1º…