Moçambique: Insurgentes operam a partir do porto de Mocímboa

Os grupos armados que invadiram o porto de Mocímboa da Praia na quarta-feira, 12 de agosto, encontram-se agora infiltrados nas comunidades. É desta forma que comandam ataques contra a vila, a partir das instalações portuárias.

A informação foi divulgada pelo ministro da Defesa de Moçambique, Jaime Neto. “O inimigo infiltrou-se em diversos bairros, trajado à civil e beneficiando de várias cumplicidades, atacando a vila de dentro para fora, causando destruição, saques e assassinato de cidadãos indefesos, com manobras de sabotagem e ataques a meios navais de socorro a partir do porto de Mocímboa da Praia”, declarou.

O governante mencionou ainda que o “alegado Estado Islâmico” na província de Cabo Delgado disse ter recebido reforços de fora do país.

Recorde-se que os insurgentes invadiram na madrugada de quarta-feira o porto de Mocímboa da Praia. As confrontações deixaram um número desconhecido de mortos, incluindo elementos da força marinha.

Em Cabo Delgado os ataques dos grupos armados, ocorridos desde outubro de 2017, já causaram, pelo menos, 1.059 mortes, além de 250 mil fugitivos dos distritos invadidos. Algumas dessas ações têm sido então reivindicadas pelo Estado Islâmico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Brasil: Guerra leva o país a escolher produzir fertilizantes em terras indígenas ou comprar do Irão 

Brasil: Guerra leva o país a escolher produzir fertilizantes em terras indígenas ou comprar do Irão 

A ministra da Agricultura do Brasil Tereza Cristina anunciou que vai apresentar um plano nacional para produção de fertilizantes no…
Moçambique: exoneração de Membros do Governo

Moçambique: exoneração de Membros do Governo

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, no uso das competências que lhe são conferidas pela alínea a) do número…
Brasil não assina adesão à ação de 39 países contra o governo de Vladimir Putin 

Brasil não assina adesão à ação de 39 países contra o governo de Vladimir Putin 

O governo brasileiro não aderiu a uma ação de 39 países que solicitaram a abertura de investigações formais contra o…
Brasil vota nas Nações Unidas pela imediata retirada das tropas russas da Ucrânia 

Brasil vota nas Nações Unidas pela imediata retirada das tropas russas da Ucrânia 

A despeito da posição “neutra” declarada pelo presidente Jair Bolsonaro, o Brasil votou nesta quarta-feira (2) pela imediata retirada das…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin