Moçambique: “Iremos bloquear qualquer instrumentalização dos jovens para o terrorismo” – sheik Abdul Latifo de Nampula


Além de tanzanianos, cidadãos de alguns distritos de Nampula, foram várias vezes indiciados de filiação em grupos terroristas, que desde 2017 aterrorizam parte do norte de Moçambique.

Os muçulmanos que estão em Nampula referem que os terroristas, que atacam em Cabo Delgado e também na província de Niassa, estão a instrumentalizar jovens em nome do Islão, para fomentar terrorismo e banditismo.

Esta é a posição do sheik Abdul Latifo, que orientou as cerimónias do Eid-Ul-fitir, no recinto da escola secundária de Nampula, esta segunda-feira, para quem as lideranças irão identificar e denunciar, todas condutas que levam a prática de crimes a coberto das escrituras do alcorão.

“Vamos usar todos os meios que estão ao nosso alcance, trazendo narrativas alternativas aos vossos discursos maléficos. Iremos alertar aos nossos jovens para que não caiam nas vossas malhas venenosas, iremos bloquear qualquer tentativa de instrumentalização dos nossos jovens” disse, lamentando a perda de vidas humanas e destruição de vários edifícios.

O sheik Abdul Latifo, lançou duras críticas contra os terroristas, num sermão considerado como um dos que mais repudiou as acções terroristas contra a população de Cabo Delgado nos últimos momentos.

No recinto também esteve o governador de Nampula, Manuel Rodrigues, que perante centenas de muçulmanos, vincou para uma convivência harmoniosa entre as religiões. “Encorajar os irmãos muçulmanos da nossa província, em particular e do país no geral, a multiplicarem esforços, visando tornar a nossa sociedade um espaço de convivência harmoniosa e pacífica entre cidadãos de diferentes denominações religiosas”.

Na província de Nampula, o fim do ramadão foi celebrado em todos distritos, sendo que só na cidade de Nampula, havia sido identificados 15 campos e lugares públicos para acolher os muçulmanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

ONU anuncia retirada de 101 pessoas da siderúrgica em Mariupol

ONU anuncia retirada de 101 pessoas da siderúrgica em Mariupol

A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou nesta terça-feira, 03 de maio, que foram retiradas com sucesso 101 pessoas da siderúrgica de…
Moçambique: Muçulmanos de Niassa chamados "a repudiar uso do Islão para interesses obscuros"

Moçambique: Muçulmanos de Niassa chamados "a repudiar uso do Islão para interesses obscuros"

Os muçulmanos de Niassa, cuja parte da província foi vítima dos terroristas que atacam em Cabo Delgado, com inspiração islâmica…
Moçambique: Erro em processo nas FADM atrasa salários

Moçambique: Erro em processo nas FADM atrasa salários

O processo de prova de vida realizado no início de 2022 nas Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) está…
Cabo Verde: Governo anuncia acesso a USD 40 milhões do Fundo para Resiliência e Sustentabilidade

Cabo Verde: Governo anuncia acesso a USD 40 milhões do Fundo para Resiliência e Sustentabilidade

O Governo cabo-verdiano anunciou nesta segunda-feira, 02 de maio, que o país vai poder aceder a 40 milhões de dólares…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin