Moçambique: Langa nega crimes de que é acusado nas “dívidas ocultas”

Bruno Langa, um dos arguidos do processo “dívidas ocultas”, foi ouvido no oitavo dia do julgamento deste polémico caso. O réu negou ter cometido os oito crimes de que é acusado, tendo garantido que não esteve envolvido no projeto da zona económica exclusiva.

Langa é acusado de ser o autor moral e material dos crimes de associação para delinquir, chantagem, corrupção passiva para acto ilícito, falsificação de documentos, branqueamento de capitais e de ter recebido 8,5 milhões de dólares neste esquema.

O visado terá integrado este roubo a convite de Teófilo Nhangumele, já ouvido neste julgamento, com a missão de negociar com o seu amigo Armando Ndambi Guebuza para que este intercedesse e convencesse o pai e ex-Presidente de Moçambique, Armando Guebuza, a aceitar a proposta da Privinvest.

Recorde-se que Ndambi Guebuza também já foi ouvido, tendo negado igualmente a sua participação na fraude, e que Armando Guebuza iria comparecer no julgamento para ser ouvido, mas dias mais tarde o seu nome acabou por ser retirado do julgamento.

Langa disse apenas que já tinha sido contactado pela Privinvest para fazer consultoria. Quando questionado se esteve no escritório do grupo Privinvest em Abu Dhabi, respondeu que sim, mas que não se lembrava de ter tirado alguma foto, nem recordava o facto de ter estado com António Carlos do Rosário, Teófilo Nhangumele e Ndambi Guebuza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: INSS e Justiça debatem impacto da dívida de contribuintes

Moçambique: INSS e Justiça debatem impacto da dívida de contribuintes

O Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), os órgãos da administração da Justiça e os empregadores e os sindicatos da…
Timor-Leste: Governo já executou 36,5% do OGE de 2022

Timor-Leste: Governo já executou 36,5% do OGE de 2022

O Governo de Timor-Leste já executou, nos primeiros noves meses deste ano, 36,5% do Orçamento Geral do Estado (OGE) retificativo aprovado para…
STP: MLSTP acredita na vitória nas eleições

STP: MLSTP acredita na vitória nas eleições

O Presidente do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe/Partido Social Democrata (MLSTP/PSD) Jorge Bom Jesus, acredita numa “vitória”…
STP: Acabou a campanha para as eleições do próximo dia 25

STP: Acabou a campanha para as eleições do próximo dia 25

Terminou esta sexta-feira em São Tomé e Príncipe, a campanha eleitoral para as eleições legislativas, autárquicas e regionais marcada para…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin