Moçambique: MDM tem aspirante à presidência

O deputado da Assembleia da República de Moçambique e membro do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), Silvério Ronguane, vai concorrer à presidência do partido. Recorde-se que este era dirigido por Daviz Simango, que faleceu em fevereiro vítima de doença

O anúncio desta candidatura foi feito pela formação política no fim de semana, na província de Maputo. Recorde-se que o congresso onde será eleito o novo líder do MDM está agendado para decorrer entre 03 a 05 de dezembro, em Sofala. 

Ronguane é membro da organização política há nove anos, tendo agora o apoio da mesma em relação à sua candidatura. Chegou a exercer a função de delegado político, mas em 2018 acabou por ser derrotado nas eleições autárquicas. 

“Estamos aqui presentes agora para apresentar o desejo de convidar o Professor Doutor Silvério Runguane a concorrer ao cargo de presidente do MDM”, disse Evaristo Novela, membro do Conselho Nacional do MDM, que foi quem anunciou esta candidatura. 

Em reação à proposta, o deputado afirmou que estava preparado para o desafio. “Acabei de ouvir agora esta declaração; preciso de uma ponderação, embora a minha disponibilidade, como membro do partido, seja total para qualquer missão, sendo esta uma delas. Todos acabamos de ouvir esta declaração, vamos mastigar e, sobretudo, esperar as orientações do nosso partido sobre a forma como devem ser depositadas e conduzidas as candidaturas”, partilhou. 

Trata-se do primeiro membro a anunciar, publicamente, a sua intenção de concorrer à liderança do MDM. O processo de submissão de candidaturas ainda não começou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin