Moçambique: Militares do Botsuana acusados de passarem férias no país

Os militares do Botsuana estão a ser acusados de passarem férias em Moçambique, em vez de combaterem os grupos armados. A acusação foi feita através do jornal “The Voice”.

A publicação comentou assim a estadia de 296 militares do Botsuana em Moçambique para apoiar no combate ao terrorismo na província de Cabo Delgado, no âmbito da força conjunta da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla inglesa).

“Um mês depois de serem enviados a Moçambique… os membros da Força de Defesa do Botsuana (BDF) estão a gozar o que é efetivamente ‘umas férias gratuitas’”, pode ler-se na publicação.

Isto porque, refere através de fontes, o exército em questão ainda não recebeu ordens de combate. Tem sido a força ruandesa a tomar as rédeas.

“Alguns até aproveitaram o tempo livre inesperado, visitando a praia mais próxima às civis”, indica o jornal, que cita fontes militares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin