Moçambique

Moçambique: Ministra alerta para consequências desastrosas do Covid-19

Ministra Verónica Macamo

A ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Verónica Macamo, alertou que uma possível eclosão do coronavírus (Covid-19) vai piorar as condições de vida dos cidadãos.

“Se a economia recuar por causa desta pandemia, significa que a vida das pessoas vai estar numa situação de muita debilidade e as condições vão ser piores do que aquelas que temos”, observou, manifestando a preocupação em relação aos efeitos desta pandemia.

No entanto, elogiou o trabalho desenvolvido pelo Ministério da Saúde do país na prevenção do surto iniciado na China. “É um trabalho que tem que ser continuado e melhorado, sem dúvida, mas há muita responsabilidade, a vida das nossas comunidades deve ser cada vez melhor”, defendeu.

O Ministério da Saúde informou que necessitaria de 23 milhões de dólares (21.305.000 euros) para fazer face a uma eventual eclosão do Covid-19, em situação de extrema gravidade.

De acordo com a diretora Nacional Adjunta da Saúde Pública, Benigna Matsinhe, o Plano Nacional de resposta ao coronavírus tem capacidade para prestar assistência a 100 pessoas.

Recorde-se que Moçambique ainda não tem nenhum caso registado do coronavírus, que já infetou mais de 220 mil pessoas a nível mundial, das quais mais de 8.900 morreram. Das pessoas infetadas, mais de 85.500 recuperaram da doença.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo