Moçambique: Missão da SADC anuncia morte de mais outros dois militares

A Missão Militar da SADC, que apoia as Forças de Defesa e Segurança moçambicanas na luta contra o terrorismo, anunciou este domingo a morte de dois dos seus militares destacados em Cabo Delgado.

Segundo o comunicado daquele órgão, as vítimas tratam-se de uma militar do sexo feminino atingida por um dos seus colegas, que também feriu outra militar, e do próprio atirador que acabou por se suicidar.

“A Missão da SADC em Moçambique (SAMIM) vem informar ao público em geral com profundo pesar o falecimento de dois (02) dos seus membros. O falecido, um homem do posto de major atirou em duas colegas, matando instantaneamente uma e ferindo a outra antes de apontar a arma contra si mesmo” lê-se no comunicado.

Refere o documento, que os três soldados são das Forças de Defesa do Botswana e estavam sediadas na cidade de Pemba, onde ocorreu o incidente.

Acrescenta o mesmo que as investigações estão em andamento para determinar as circunstâncias que levaram a este infeliz incidente. A militar ferida encontra-se a receber cuidados médicos num Hospital Nível II do SAMIM, em Pemba, e o seu estado de saúde está estável.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

Cabo Verde: UCID comenta mensagem de Ano Novo do PR

O líder da UCID, João Santos Luís, comentou nesta terça-feira, 03 de janeiro, a mensagem de Ano Novo do Presidente…
Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

Brasil: Lula assina primeiros decretos para o novo governo

No dia em que assumiu a presidência do Brasil pela terceira vez, Luiz Inácio Lula da Silva assinou vários decretos…
Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Moçambique: Arrancou a edição de 2023 do Recenseamento Militar

Arrancou ontem, 03 de janeiro, em Moçambique, o processo de Recenseamento Militar edição 2023, sob o lema: “Recenseamento Militar: Promovendo…
Angola: PR aprova dívida adicional até entrada em vigor do OGE 2023

Angola: PR aprova dívida adicional até entrada em vigor do OGE 2023

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, aprovou uma dívida adicional de 2,6 biliões de kwanzas (4,8 mil milhões…