Moçambique

Moçambique: Momade pede auxílio da SADC contra o terrorismo

Líder da Renamo, Ossufo Momade
Ossufo Momade

presidente da Renamo, Ossufo Momade, apelou esta segunda-feira, 19 de abril, à participação da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla inglesa) nos esforços de combate aos grupos terroristas que atuam na província de Cabo Delgado. 

“Quando a casa do vizinho está a arder, não podemos ficar indiferentes porque a nossa também está em perigo. Por isso, a África do Sul, o Zimbabué, Botswana, Namíbia, Tanzânia e outros não podem ficar indiferentes ao que acontece neste momento em Moçambique”, defendeu na cidade de Pemba. 

O dirigente considera assim que a recusa de apoio internacional por parte do Governo moçambicano, sob pretexto de preservar a soberania nacional, não faz sentido. Isto porque, lembrou, na altura da guerra dos 16 anos, movida pela Renamo contra o Governo e a população, houve presença de militares de outros países. 

As declarações foram feitas pouco depois de Momade ter desembarcado no aeroporto de Pemba, em Cabo Delgado, para solidarizar-se com as vítimas dos ataques terroristas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo