Líder da Renamo, Ossufo Momade

Moçambique: Momade sugere comissão para reconciliação no país

O líder da Renamo, Ossufo Momade, defendeu a criação de uma comissão para a reconciliação em Moçambique. Isto porque, realçou, o “povo moçambicano está cansado de guerras”.

“Não podemos falar só da paz, mas também da reconciliação e, por isso, tenho pensado que era possível que pudéssemos criar uma comissão para reconciliação nacional”, afirmou nesta segunda-feira, 15 de março.

O dirigente do maior partido da oposição considera que o “povo moçambicano está cansado de guerras” e que, por isso, a pacificação do país é “irreversível”.

“A única saída é termos uma paz efetiva e uma reconciliação”, disse ainda.

As declarações referem-se ao facto de o país atravessar um período difícil, marcado por conflitos armados no Centro e Norte do país. O centro diz respeito aos ataques da autoproclamada Junta Militar da Renamo desde 2019 e o norte à província de Cabo Delgado, alvo de frequentes invasões terroristas desde 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar…
Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

A maioria dos candidatos presidenciais assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pacto da unidade nacional. O objetivo é assegurar a…
Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Já estão abertas as inscrições para uma formação gratuita em Marketing Digital na ilha da Brava, avança “A Nação”. Esta…
Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin