Moçambique: Nampula retoma a feira de gemas depois de dois anos de paralisação

A feira de venda de metais preciosos e gemas na província de Nampula, FAGENA, que tinha paralisado durante a pandemia de covid-19, foi retomada esta quinta-feira (21), concretizando assim a sua quinta edição.

O Director do Serviço Provincial de Infraestrutura, em Nampula, César de Carvalho, disse que a Feira de Gemas de Nampula (FAGENA) junta cerca de 30 expositores locais e das províncias de Zambézia, Niassa Manica e Tete.

Segundo César de Carvalho, é expectativa do governo, promover a comercialização dos gemas, facilitar a compra e venda, bem como incrementar as receitas do estado com a coleta das taxas e de emissão de licenças. 

Em 2023, a FAGENA realiza-se sob o lema “Assegurando a transparência na exploração e valorização das gemas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Estudo indica que técnicas de Machine Learning permitem a diminuição de falsas previsões de crises de epilepsia

Estudo indica que técnicas de Machine Learning permitem a diminuição de falsas previsões de crises de epilepsia

Um estudo liderado pelo Departamento de Engenharia Informática (DEI) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC)…
Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Com objectivo de diminuir lacunas de habilidades e promover o crescimento económico, a Tanzânia pretende construir, nos próximos anos e…
Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Na Diocese de Tacna e Moquegua, que cobre uma vasta área na região do Altiplano, entre os Andes e o…
Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

Cabo Verde: Júlio Correia solicita desfiliação do PAICV

O militante de longa data do Partido Africano da Independência de Cabo Verde, PAICV, Júlio Correia, solicitou a sua imediata…