Moçambique

Moçambique: Nangade ameaçada pela aproximação de terroristas

O grupo armado que invade frequentemente a província de Cabo Delgado, alvo destes ataques desde outubro de 2017, encontra-se cada vez mais próximo da vila-sede do distrito de Nangade.

Nesta quinta-feira, 25 de fevereiro, o grupo atacou a aldeia de Luneke, situada a cerca de dez quilómetros daquela sede distrital. Segundo as fontes locais, cada vez mais pessoas têm abandonado a aldeia em questão para se refugiarem na vila-sede de Nangade.

Houve igualmente um ataque na passada terça-feira, tendo os insurgentes sequestrado na aldeia Mitope, em Nangade, seis civis (três homens e três mulheres) e decapitado todos os homens.

O ambiente de insegurança continua assim na região, o que levou as Forças de Defesa e Segurança a cancelarem as escoltas militares que asseguravam o abastecimento logístico à vila-sede do distrito de Palma. Após uma longa espera, os camiões carregados de alimentos acabaram por ser encaminhados para o distrito de Mueda.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo