Moçambique: Ndambi Guebuza nega envolvimento nas “dívidas ocultas”

O arguido Ndambi Guebuza, filho do ex-Presidente moçambicano Armando Guebuza, disse durante o julgamento das “dívidas ocultas” que não se lembrava de nada e negou assim o seu envolvimento neste caso polémico.

Guebuza júnior distanciou-se de todas as acusações de que é alvo e declarou então não ter nada a ver com aquilo de que foi acusado. As declarações foram feitas perante o Juiz Efigênio Baptista, que confrontou o réu com os emails comprometedores retirados da sua conta pessoal.

“Eu tenho aqui vários emails do senhor Jean Bustani, do senhor, mas o senhor diz que não tem conhecimento de assuntos ligados ao processo, sobre conceitos ligados a infraestruturas do SPV, para o senhor encaminhar ao chefe, como aqui está escrito. Por isso volto a fazer a mesma questão: senhor Ndambi, esteve envolvido no processo de Protecção da Zona Económica Económica Exclusiva?”, perguntou o magistrado.

Em resposta a essa questão, Guebuza não confirmou a recepção e nem o envio dos emails. “Não meritíssimo, não estive envolvido”, afirmou.

“Não, não, não, não confirmo a recepção dos emails, meritíssimo. Meritíssimo, eu recebo muitos emails. Eu já recebi tanta coisa, porque eu era parceiro do Bustani”, reiterou.

No entanto, Teófilo Nhangumele, outro arguido deste processo e ouvido na semana passada no mesmo julgamento, confirmou que viajou com Ndambi Guebuza para a Alemanha e para Abu Dhabi, onde diz ter ido atrás de oportunidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin