Moçambique: Nhangumele diz que foi afastado do projeto ligado às “dívidas ocultas”

Teófilo Nhangumele foi o segundo arguido a prestar declarações perante o juiz no julgamento das “dívidas ocultas”, três dias após o início das audições. O réu disse que foi afastado do projeto de proteção costeira por não ser membro das Forças de Defesa e Segurança de Moçambique.

Nhangumele era o consultor principal do Projeto de Proteção Costeira. No entanto, foi afastado por ser considerado um agente estranho ao Estado.

A informação desse afastamento foi dada inicialmente pelo arguido Cipriano Mutota, amigo de Teófilo Nhangumele e o primeiro a ser ouvido neste julgamento. Mais tarde, o sucedido voltou a ser confirmado, dessa vez pelo então ministro da Defesa Nacional, Filipe Nyusi, que é atualmente Presidente da República de Moçambique.

“Confirmou-me a mim, Sua Excelência Ministro da Defesa. Falou de boas maneiras, que ‘olha, nós vamos ter que prescindir da sua contribuição porque tu não és membro das Forças de Defesa e Segurança’. Essa reunião foi eu e ele porque eu ia lhe entregar a carta em inglês que eu havia traduzido”, explicou Nhangumele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin