Moçambique: Nhongo impõe condições para negociar com Governo

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi

O líder da autoproclamada Junta Militar da Renamo, Mariano Nhongo, afirmou que está disposto a negociar com o Governo. Esta é a reação à decisão do Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusiter dado trégua de uma semana ao grupo armado para ser possível dialogar sem haver guerra. 

Nhongo, que continua a fazer declarações por telefone, impôs, no entanto, duas condições para que a conversa aconteça. Disse que só vai aceitar dialogar com o chefe de Estado se este publicar o documento que o dirigente da Junta Militar enviou, onde estão escritas as preocupações do grupo. 

Para o também general trata-se então de uma condição essencial, tendo mencionado a publicação do documento como peça-chave, uma vez que considera que o mesmo deve ser do conhecimento do povo. 

“Não há negociação se ele não divulgar o documento. Eu não vou aceitar ser enganado. Eu não vou enganar o povo. Estou no mato a sofrer com a fome para defender o povo. Não há negociação se ele não divulgar o documento. Ler todo aquele documento para todo o ovo ouvir, exigiu. 

Outra das condições é que o presidente da RenamoOssufo Momade, seja afastado como interlocutor ativo na comunicação com o partido. Quando essas condições forem aceites e colocadas em prática “não haverá mais a Junta Militar a disparar”, assegurou. 

Assim, mostrou que não está disposto a entrar em “negociações falsas”tendo mencionado que as tentativas anteriores fracassaram devido à falta de honestidade do Governo, que não cumpriu o acordado.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Chivukuvuku diz que FPU aceitou resultados eleitorais por pressão internacional

Angola: Chivukuvuku diz que FPU aceitou resultados eleitorais por pressão internacional

O coordenador do projeto político PRA-JA, Abel Chivukuvuku, afirmou que a Frente Patriótica Unida (FPU) venceu as eleições de 2022,…
Portugal vê Cabo Verde como um exemplo para transição energética

Portugal vê Cabo Verde como um exemplo para transição energética

O diretor de Energia e Geologia de Portugal, Jerónimo Cunha, considera que Cabo Verde, apesar de ser um país pequeno,…
Timor-Leste: Xanana pede a jovens que deixem as artes marciais

Timor-Leste: Xanana pede a jovens que deixem as artes marciais

O primeiro-ministro de Timor-Leste, Xanana Gusmão, apelou aos jovens timorenses residentes no país e na diáspora para deixarem de praticar…
Missão do CCISP intensifica a cooperação entre Portugal e Timor no ensino superior, investigação e ciência

Missão do CCISP intensifica a cooperação entre Portugal e Timor no ensino superior, investigação e ciência

A iniciativa de promoção externa contou com a presença de representantes de onze instituições portuguesas de ensino superior politécnico. A…