Moçambique

Moçambique: Novo ataque causa morte em Sofala

Um grupo de homens armados atacou várias viaturas, sendo a maioria camiões, vindos do Norte de Moçambique. O incidente ocorreu no sábado, 09 de janeiro, na região de Zove, a 30 quilómetros da localidade-sede do Posto Administrativo de Muxúnguè, distrito de Chibabava, na província de Sofala. 

De acordo com as informações avançadas, uma pessoa morreu, atingida por duas balas. O óbito foi declarado no Centro de Saíde de Muxúnguè. 

Existem ainda relatos de grandes danos materiais. As mesmas fontes disseram também que as viaturas não foram escoltadas pelo facto de as Forças de Defesa e Segurança, que estavam no local, não terem combustível.  

Este ataque foi atribuído à autodenominada Junta Militar da Renamo, dirigida por Mariano Nhongo. Trata-se do primeiro de 2021, mas recorde-se que em 2020 aconteceram vários outros em Sofala e todos foram igualmente atribuídos à referida junta. 

Isto acontece dias após o Enviado Especial do Secretário-Geral das Nações UnidasMirko Manzoni, ter afirmado que havia um ambiente favorável ao início do diálogo entre o Governo moçambicano e a Junta Militar da Renamo.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo