Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi

Moçambique: Nyusi acolhe líderes da SADC em Maputo

chefe de Estado moçambicano e Presidente em Exercício da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla inglesa), Filipe Nyusi, recebe nesta quinta-feira, 27 de maio, as Cimeiras Extraordinárias da Troika do Órgão da SADC Mais Moçambique e da Dupla Troika da SADC. 

No comunicado divulgado pela Presidência da República lê-se que “estas reuniões Cimeiras realizam-se na sequência da abordagem regional que vem sendo feita no sentido de conjugar esforços na luta contra o terrorismo, complementando as acções do Governo moçambicano visando normalizar a situação e prestar apoio às pessoas afectadas para a prossecução da agenda nacional de desenvolvimento”. 

Na reunião, efetuada em Maputo, estarão presentes o Presidente do Botsuana e Presidente do Órgão da SADC para Política, Defesa e Segurança, Mogkweetse Masisi, o Presidente do Malawi e Vice-Presidente da SADC, Lazarus Chakwera, e o Presidente da África do Sul e Vice-Presidente do órgão da SADC, Cyril Ramaphosa. 

É igualmente esperada a presença do Presidente da República de Zanzibar, em representação da Presidente da República Unida da Tanzânia e Presidente Cessante da SADC, Hussein Aly Mwinyi, do Presidente do Zimbabué e Presidente cessante do Órgão da SADC, Emmerson Mnagwagwa, e ainda da Secretária Executiva da SADC, Stergomena Lawrence Tax.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

Ucrânia: Ataque russo em Kharkiv causa 11 mortes

O Governo ucraniano afirmou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que morreram 11 pessoas e centenas ficaram feridas durante um ataque russo…
Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

Angola: Cidadãos angolanos fogem da Ucrânia

A maioria dos angolanos que viviam em Kharkiv, segunda maior cidade da Ucrânia, decidiu abandonar o local no sábado, 26…
Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

Guerra na Ucrânia causa 422 mil refugiados

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) partilhou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, que já são mais…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin