Moçambique: Nyusi autoriza passagem de Lagos Lidimu à reserva com efeitos retroactivos a 2008

O Presidente Filipe Nyusi assinou, em 14 de Outubro passado, o Despacho Presidencial 82/2022, autorizando que o General Lagos Lidimu passe à reserva, apesar de este ter cessado funções nas Forças Armadas de Defesa (FDS) há mais de 14 anos.

O mesmo Despacho determina que a passagem à reserva produz efeitos retroactivos a 20 de Julho de 2008.

Recorde-se que Lagos Lidimu foi Chefe de Estado Maior das FDS entre Abril de 1995 e Março de 2008, sendo mais tarde nomeado pelo próprio Nyusi para a chefia máxima do Serviço de Informação e Segurança do Estado (SISE).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

Moçambique recebe do Japão cinco viaturas de bombeiros

O Governo japonês disponibilizou cerca de 170 mil dólares a Moçambique para a aquisição de cinco viaturas destinadas ao Serviço…
Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

A vice-governadora provincial para o setor Político, Social e Económico de Benguela, Lídia Amaro, afirmou que 593 ex-militares foram reintegrados…
Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

O Banco Mundial prevê que Timor-Leste registe um crescimento económico de 4,1% em 2024 e 2025, através do alívio das…
UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

A União Europeia (UE) anunciou o envio da próxima parcela de 50 milhões de euros para a Agência das Nações…