Moçambique: Nyusi diz que DDR poderá terminar até junho

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, avançou nesta segunda-feira, 22 de maio, que o processo de Desmobilização, Desarmamento e Reintegração (DDR) dos ex-guerrilheiros da Renamo poderá terminar até meados de junho. 

A previsão é feita na semana em que começa o encerramento da última base da Renamo, em Gorongosa, na província de Sofala. 

Nyusi partilhou a informação no segundo e último dia de trabalho em Genebra, na Suíça, onde manteve encontros com os comissários das Nações Unidas para os Refugiados e para os Direitos Humanos. Após esses encontros, o governante concedeu uma conferência de imprensa e comentou os novos desenvolvimentos do processo de DDR. 

“Informámos que estamos na fase quase conclusiva; esta semana tudo deverá começar a retomar para o fecho da última base, que é a base em Gorongosa, para ver se dentro do próximo mês ou mesmo na metade do mês consigamos fazer um encerramento definitivo”, disse, citado pelo jornal “O País”. 

“Já se sabe que, depois de desmobilizadas, todas as pessoas terão que ser registadas. É um processo que, já no último encontro que tive com o presidente da Renamo [Ossufo Momade], ficou claro que já estão preparadas as pessoas para, imediatamente, fazer-se a formação dos processos e passar as suas pensões, logo que eles [os processos] estiverem prontos e visados pelo Tribunal Administrativo”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Stoltenberg diz que nenhum país da NATO está sob ameaça imediata da Rússia

Stoltenberg diz que nenhum país da NATO está sob ameaça imediata da Rússia

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, declarou nesta sexta-feira, 07 de junho, que não existe ameaça militar imediata da Rússia…
Lisboa e Florianópolis conectadas por três novas ligações semanais pela TAP

Lisboa e Florianópolis conectadas por três novas ligações semanais pela TAP

A TAP Air Portugal vai voar para Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina, no sul do Brasil, a partir…
Angola: Venâncio relança preparação de candidatura à presidência do MPLA

Angola: Venâncio relança preparação de candidatura à presidência do MPLA

O antigo pré-candidato à liderança do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), António Venâncio, convocou uma conferência de imprensa…
Cabo Verde continua a querer ter 100% de energia renovável em 2040

Cabo Verde continua a querer ter 100% de energia renovável em 2040

O vice-primeiro-ministro e também ministro das Finanças de Cabo Verde, Olavo Correia, reafirmou a convicção de que o país está…