Moçambique: Nyusi diz que terrorismo não se deve a conflitos religiosos

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, rejeita a possibilidade de o terrorismo existente nos distritos a norte da província de Cabo Delgado dever-se a questões religiosas, indica o “MMO Notícias”. 

A declaração foi feita nesta quinta-feira, 19 de maio, em Maputo, durante um encontro com o líder da Igreja de Jesus Cristo dos Santos Dos Últimos Dias, Elder Rasband, que está de visita ao país. 

Segundo o Presidente de Moçambique, entre os terroristas existem pessoas de diferentes religiões, origens e etnias. Nyusi realçou que o país é um Estado laico e que olha para a religião como parceira na promoção de ações que visam o desenvolvimento. 

Recorde-se que os ataques terroristas em Cabo Delgado começaram em outubro de 2017. Apesar de ainda haver invasões, foram registadas algumas melhorias na segurança desde que se intensificaram as ações de combate aos terroristas por parte das Forças de Defesa e Segurança (FDS), com o apoio do Ruanda e da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SAMIM, sigla inglesa), que estão no país desde o segundo semestre de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Timor-Leste: Lu-Olo condecorado por Ramos-Horta e Rebelo de Sousa

Timor-Leste: Lu-Olo condecorado por Ramos-Horta e Rebelo de Sousa

O recém-eleito Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, condecorou nesta quinta-feira, 19 de maio, o chefe de Estado cessante, Francisco Guterres…
Presidente de Angola envia mensagem a homólogo timorense

Presidente de Angola envia mensagem a homólogo timorense

O Presidente de Angola, João Lourenço, endereçou nesta quinta-feira, 19 de maio, uma mensagem ao seu homólogo timorense, José Ramos-Horta,…
Portugal negoceia com Alemanha e Polónia exportação de gás

Portugal negoceia com Alemanha e Polónia exportação de gás

O Governo português está em negociações com o Governo alemão e polaco para que o porto de Sines, localizado em…
Revista de Imprensa Lusófona de 20 de maio de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 20 de maio de 2022

Em Portugal o “Público” escreve “PSD: Luís Montenegro diz que António Costa é um ‘flop’ como primeiro-ministro”. O “Observador” noticia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin