Moçambique: Nyusi fala de transição energética na COP 27

O Presidente de Moçambique dirige nesta terça-feira, 08 de novembro, o painel sobre a transição energética na região Austral de África, que participa na 27.ª conferência do clima da Organização das Nações Unidas (COP 27). O evento decorre em Sharm el Sheik, no Egito. 

“Moçambique é um país exemplo de baixa emissão de poluentes em África e sofre consequências severas causadas pelos efeitos das mudanças climáticas. Mesmo assim, apresenta recursos únicos para desenvolver uma solução para transição energética de grande impacto para boa parte da região Austral de África”, pode ler-se numa nota emitida hoje na cimeira. 

Além de Filipe Nyusi, estarão presentes no evento figuras como o presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), Akinwumi Adesina, o antigo primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, a presidente do Climate Investment Funds, Mafalda Duarte, e o enviado especial-adjunto da Presidência dos Estados Unidos para o Clima, Richard Duke, entre outros. 

Um dos principais assuntos a serem analisados será o dos países pobres e de baixa emissão de poluentes em África. O evento já está a ser conhecido como a “COP de África”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

O vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang, acusa a Espanha de “humilhar” e “desacreditar” o país depois de a…
Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) informaram nesta terça-feira, 03 de janeiro, que está em curso a Operação…
Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

O Governo de Timor-Leste executou em 2022 cerca de 78,75% do valor total do Orçamento Geral do Estado (OGE) desse…
Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…