Moçambique

Moçambique: Nyusi impõe recolher obrigatório em todas as capitais provinciais

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi
Filipe Nyusi

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, anunciou a continuação de todas as medidas restritivas de combate à pandemia da Covid-19, por mais 21 dias. Foi igualmente informada a extensão do recolher obrigatório para todas as capitais provinciais, desde as 22 horas às 04 horas da manhã. 

O governante mencionou também a obrigatoriedade do cumprimento das medidas de prevenção da doença, como o uso de máscaras, o cumprimento do distanciamento social e a lavagem frequente das mãos. 

“Considerando os fatores supracitados, e para evitar que se repita a situação dramática que vivemos nos meses de janeiro e fevereiro do corrente ano, decidimos manter todas as medidas de contenção da propagação da Covid-19 atualmente em vigor por mais 21 dias, com início às 00 horas do dia 06 de abril de 2021”, disse na noite desta segunda-feira, 05 de abril, numa comunicação à nação, no âmbito da situação de calamidade pública. 

“Decidimos ajustar o horário do recolher obrigatório na Região Metropolitana do Grande Maputo, das 22 horas às 04 horas, para facilitar que os trabalhadores dos estabelecimentos comerciais e de restauração, bem como os estudantes do ensino pós-laboral (ensino superior) possam ter acesso aos serviços de transportes público de passageiros e efetuar as respetivas ligações para chegar às suas casas, acrescentou. 

Ainda de acordo com o Presidente da República“face ao aumento da taxa de positividade nas últimas semanas ao nível das províncias, com destaque para Gaza, Sofala, Manica, Tete, Cabo Delgado e Niassa, o recolher obrigatório atualmente em vigor na Área Metropolitana do Grande Maputo é estendido para todas as cidades capitais provinciais, e vigorará no mesmo horário, isto é, entre as 22 horas e a04 horas, durante os próximos 21 dias. 

O Decreto do Conselho de Ministros que sustenta esta Comunicação, irá aclarar os aspetos relacionados com os horários dos diferentes serviços, a prática de desportos individuais e sobre eventos sociais”concluiu.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo