Moçambique: Nyusi pede campanha eleitoral sem “discursos incendiários e intimidatórios”

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, solicitou às forças políticas e aos seus membros que “participem de forma livre, consciente, ordeira e tolerante na campanha eleitoral” para as eleições autárquicas, que irão decorrer a 11 de outubro.

O pedido foi feito nesta segunda-feira, 25 de setembro, um dia antes do início da campanha eleitoral, cujo final está marcado para 08 de outubro.

“Moçambique é uma referência na região, no continente e no mundo pelo elevado nível da cidadania, disciplina e sentido patriótico demonstrados no processo de consolidação da democracia multipartidária. Que este exemplo prevaleça durante a campanha eleitoral que se avizinha”, declarou o governante numa mensagem dirigida à nação.

“Exortamos ainda os concorrentes para que, na interação com os potenciais eleitores, incluindo no uso do seu tempo de antena, se centrem na apresentação dos seus manifestos, abstendo-se de discursos incendiários e intimidatórios e de atos de violência contra os seus adversários”, acrescentou.

Nyusi salientou que, “aos dirigentes das forças políticas, das associações e grupos de cidadãos concorrentes, cabe a responsabilidade acrescida na orientação dos seus membros para a observação rigorosa da lei e do Código de Conduta Eleitoral”.

Quanto à Polícia da República de Moçambique, prosseguiu, “está instada a atuar com máxima isenção e imparcialidade, garantindo que a campanha eleitoral e todo o processo até à votação decorra com normalidade, dentro dos padrões da lei e ordem”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique recebe mais USD 60 milhões do FMI

Moçambique vai receber 60 milhões de dólares do Fundo Monetário Internacional (FMI), no âmbito do programa de assistência ao país. …
Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

Cabo Verde: CMP trabalha para resolver reivindicações dos trabalhadores

A Câmara Municipal da Praia (CMP) reafirmou o compromisso de resolver as reivindicações dos trabalhadores. No entanto, sublinhou que muitos…
Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…