Moçambique

Moçambique: Nyusi perdoa jovens recrutados por terroristas

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi
Filipe Nyusi

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, voltou a dizer publicamente que perdoava os jovens recrutados pelo grupo terrorista que tem invadido frequentemente a província de Cabo Delgado desde outubro de 2017.

Também mais uma vez, o chefe de Estado prometeu segurança aos jovens com idades entre os 14 e os 20 anos e que quisessem regressar ao convívio familiar.

A promessa foi feita nesta quarta-feira, 03 de fevereiro, em Maputo, durante as celebrações do Dia dos Heróis Nacionais. A data é uma homenagem para aqueles que lutam pela independência do país.

“Usamos esta ocasião para, mais uma vez, chamar a consciência dos nossos cidadãos, na sua maioria jovens, recrutados pelos terroristas, a não hesitar em retornar às suas famílias, como se têm manifestado nos últimos tempos”, afirmou.

“Sabemos que não têm coragem de o fazer com receio de retaliações. As estruturas locais e as Forças de Defesa e Segurança tudo farão para vos receber em segurança e garantir o vosso enquadramento”, concluiu, apelando assim para que os jovens falassem com as autoridades.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo