Moçambique: Nyusi preocupado com aumento dos acidentes de viação

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, partilhou que a sinistralidade rodoviária é uma das preocupações do país. De acordo com o portal do Governo de Moçambique, a declaração foi feita por ocasião do Dia da Legalidade, assinalado a 05 de novembro. 

Também para marcar essa data, a Procuradoria-Geral da República (PGR) divulgou na sua página de Internet a promoção da Semana da Legalidade, evento realizado em todo o país de 29 de outubro a 05 de novembro. A iniciativa teve como lema “Por uma Cidadania Responsável: Juntos na Prevenção e Combate à Sinistralidade Rodoviária”

A PGR mencionou que foram “realizadas atividades a nível central e provincial, dentre elas, palestras e reflexões que abordam a Sinistralidade Rodoviária, participações em programas televisivos e radiofónicos, uma feira de saúde e o lançamento de uma obra literária com o título: Radiografia da Violência Doméstica em Moçambique – O Relato de quem está por dentro”

Esta entidade lembra que “foi a 05 de Novembro de 1981 que o primeiro Presidente de Moçambique independente, Samora Machel, dirigiu-se à Nação, em geral, e aos agentes intervenientes na Administração da Justiça, em particular, apelando e exortando para a necessidade do respeito pela Lei e da necessidade de garantir que os cidadãos tenham acesso ao Direito, à Justiça e à Humanização da atuação dos Agentes da Lei e Ordem”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin