Moçambique: OAM quer informações sobre entradas e saídas de Boustani no país

A Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM), na qualidade de assistente no processo das “dívidas ocultas”, decidiu requerer informações sobre as entradas e saídas do cidadão libanês Jean Boustani no país.

O objetivo é verificar em que ano Boustani entrou pela primeira vez em Moçambique, além do período em que o executivo da Privinvest escalou, com frequência, o país.

Recorde-se que Ndambi Guebuza, filho mais velho do ex-Presidente moçambicano Armando Guebuza, não quis falar sobre os seus negócios com Jean Boustani. No entanto, Armando Guebuza chegou a afirmar em tribunal que tinha negócios em comum com o cidadão libanês, que conheceu em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, durante uma conferência de negócios.

A solicitação da OAM surge nesse âmbito. Foi igualmente pedido ao tribunal para enviar um ofício ao Instituto de Aviação Civil de Moçambique a solicitar informações sobre a aterragem ou não de um voo privado, vindo da França, com oito toneladas de vinho.

Isto porque o Ministério Público afirmou nesta segunda-feira, 30 de agosto, que Ndambi Guebuza terá recebido um email, enviado por Jean Boustani, com a informação de que o libanês lhe teria enviado duas encomendas para a Presidência da República. Uma delas era composta por oito mil garrafas de vinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin