Moçambique: OIM apela à ajuda humanitária em Cabo Delgado

O diretor-geral da Organização Internacional para as Migrações (OIM), António Vitorino, pediu nesta terça-feira, 17 de agosto, uma “rápida expansão” da ajuda humanitária na província moçambicana de Cabo Delgado. Segundo a mesma fonte, é necessário um “financiamento adicional significativo”.

“Apelo para a rápida expansão da assistência humanitária para apoiar as centenas de milhares de indivíduos deslocados pela contínua insegurança em Cabo Delgado”, declarou num comunicado da organização.

O representante da OIM está a cumprir uma visita de três dias a Moçambique. No mesmo documento pode ler-se que “a OIM aumentou significativamente as operações para chegar a dezenas de milhares de famílias todos os meses. É necessário um financiamento adicional significativo para cobrir necessidades humanitárias que salvam vidas e trabalhar para soluções duradouras, em especial antes da próxima época de chuvas e ciclones, em Dezembro”.

A OIM afirma que prestou assistência a mais de 600 mil pessoas em Cabo Delgado entre janeiro e julho deste ano, ao dinamizar a construção de abrigos ou dar apoios à reconstrução. No entanto, referiu que as suas operações estão subfinanciadas.

“É necessário um apoio essencial para a programação da OIM para a construção da paz. A necessidade é mais urgente que nunca, considerando o contexto em rápida mudança nos distritos do norte de Cabo Delgado”, salientou. Neste âmbito, a organização pede 58 milhões de dólares (49 milhões de euros) para poder continuar a auxiliar Moçambique.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

Angola: Reintegrados mais de 500 ex-militares em ações contra fome e pobreza

A vice-governadora provincial para o setor Político, Social e Económico de Benguela, Lídia Amaro, afirmou que 593 ex-militares foram reintegrados…
Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

Banco Mundial indica crescimento de 4,1% para Timor-Leste

O Banco Mundial prevê que Timor-Leste registe um crescimento económico de 4,1% em 2024 e 2025, através do alívio das…
UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

UE doa 50 milhões de euros à ONU para refugiados palestinianos

A União Europeia (UE) anunciou o envio da próxima parcela de 50 milhões de euros para a Agência das Nações…
Angola: Cinco bailarinos cabo-verdianos participam na Mostra de Artistas – PROCULTURA

Angola: Cinco bailarinos cabo-verdianos participam na Mostra de Artistas – PROCULTURA

Os bailarinos Mano Preto, Rosy Timas, Elisabete Fernandes, Djamilson Barreto e Djam Neguin estão selecionados para participar no “Concurso para…