Moçambique

Moçambique: OMS reprova testes ao Covid-19 em instituições privadas do país

O diretor do Serviço Nacional de Assistência Médica, Ussene Isse, informou que os únicos testes realizados em Moçambique e que são aprovados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para diagnóstico do coronavírus (Covid-19) “só estão a ser realizados pelo Instituto Nacional de Saúde (INS).

A informação foi divulgada pelo facto de algumas instituições privadas do país estarem a vender supostos testes ao vírus proveniente da China, como é o caso do Hospital Privado de Maputo, o Instituto do Coração e o Laboratório Joaquim Chaves na cidade de Maputo, que têm cobrado cerca de sete mil meticais (95 euros) a cidadãos de classe média e alta.

Alguns cidadãos quiseram fazer testes pelo pânico da pandemia, apesar de Moçambique não ter, até esta quinta-feira, 19 de março, nenhum doente infetado ou suspeito.

Ussene Isse reiterou que os testes atualmente aprovados pela OMS só estão a ser realizados no edifício sede do INS em Marracuene e que tal “não tem custos para os cidadãos”.

“Há uns testes rápidos para deteção de anticorpos que poderão aparecer em mercados pouco regulados, cujo uso não aconselhamos pois não têm sensibilidade nem especificidade bem documentadas”, alertou ainda.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo