Moçambique: Oposição critica “silêncio” do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio” do Governo moçambicano em relação à ação militar russa e consideram-no “preocupante”, segundo a “Carta de Moçambique”. 

“É inconcebível e lamentável que, em pleno século XXI, um país lance uma guerra de invasão contra outro país”, disse o chefe da bancada da Renamo, Viana Magalhães, na segunda-feira, 28 de fevereiro. 

A afirmação foi feita no discurso de abertura da V sessão ordinária da Assembleia da República, que retomou os trabalhos depois do intervalo de fim de ano. Magalhães acrescentou que a ação militar russa é uma violação do Direito Internacional e mostra a falta de bom senso por parte do Presidente Vladimir Putin.  

Por sua vez, o vice-chefe do Departamento de Informação do MDM, Augusto Pelembe, declarou à “Lusa” que a sua organização política “repudiou os ataques à Ucrânia” e defende uma “saída diplomática urgente”

“O MDM insta, através ao contínuo repúdio e condenação a estes ataques à Ucrânia. Como moçambicanos e africanos, no geral, condenámos”, pode ler-se no comunicado. 

A Frelimo, formação política no poder em Moçambique, não se quis pronunciar sobre o tema. Sabe-se que foi aliada da Rússia durante o tempo da ex-URSS e recebeu apoio militar durante a luta contra o colonialismo português, além de ajuda económica e financeira depois da independência do país, em 1975.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

Cabo Verde: Edil da Câmara da Praia quer Polícia Municipal em 2023

O presidente da Câmara Municipal da Praia (CMP), Francisco Carvalho, disse estar “expectante” com a implementação da Polícia Municipal em…
STP: 4 detidos morrem no quartel militar

STP: 4 detidos morrem no quartel militar

Quatro cidadão são-tomense que se encontravam detidos no quartel militar, depois da tentativa de invasão falhada, morreram na passada sexta-feira,…
Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

Angola recebeu auxílio de USD 246 mil do Japão para desminagem

O Governo japonês investiu mais de 246.900 dólares em ações de desminagem na província do Cuanza Sul, segundo o Embaixador do…
Moçambique: Oficializado ensino via Internet no país

Moçambique: Oficializado ensino via Internet no país

O Parlamento moçambicano oficializou nesta semana o ensino via Internet no país. Assim, estudantes do ensino superior poderão passar a…