Moçambique: Oposição lamenta tragédia em Nampula com apoiantes da Frelimo

Líder do MDM, Daviz Simango

O candidato presidencial do MDM, Daviz Simango, lamentou as mortes ocorridas nesta quarta-feira, 11 de setembro, em Nampula, tendo endereçado condolências às famílias enlutadas e mostrado solidariedade para com a Frelimo, partido no poder.

Recorde-se que dez pessoas morreram por asfixia e esmagamento após ter sido realizado no Estádio 25 de Junho, em Nampula, um comício eleitoral da Frelimo dirigido pelo candidato presidencial Filipe Nyusi. As mortes terão acontecido quando a multidão de apoiantes saiu, de forma desordenada, do local, onde estavam presentes milhares de pessoas, que tentaram deixar o espaço pelo mesmo portão.

“Endereço condolências às famílias e à população de Nampula pelas mortes. Choramos com eles, estamos tristes com eles, que Deus lhes dê um eterno descanso e que de facto amanhã as coisas não aconteçam nem para nós, nem para quem seja, porque não queremos que haja mortes por causa de campanhas eleitorais”, declarou Simango a partir da província de Cabo Delgado, onde se encontrava em campanha.

“Também quero endereçar condolências ao partido Frelimo pelo incidente que teve e também chamar atenção porque os relatos que temos, a informação que temos indica que o número de mortes é muito acima daquilo que aconteceu. Então não há que esconder nada, é um incidente que aconteceu”, acrescentou.

Segundo avançou o “CanalMoz” nesta sexta-feira, 13 de setembro, há pelo menos 18 vítimas mortais, e não apenas as dez que têm sido divulgadas.

Também o candidato presidencial da Renamo, Ossufo Momade, lamentou o sucedido, tendo transmitido igualmente uma mensagem de consolo às famílias e desejado rápidas melhoras aos doentes internados. O incidente causou 85 feridos, tendo já tido alta cerca de 74.

“Queremos lamentar o sucedido porque tratam-se de nossos irmãos e esperamos que o estado moçambicano cumpra com seu papel de apoiar as famílias neste momento de profunda dor e consternação”, disse, considerando que a atividade de caça ao voto fica manchada nesta fase. A afirmação foi feita a partir da província da Zambézia, onde ficará até ao dia 19 a fazer a sua campanha eleitoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: Assembleia Provincial de Niassa disponibiliza 3,5 toneladas para deslocados de Namapa em Cabo Delgado

Moçambique: Assembleia Provincial de Niassa disponibiliza 3,5 toneladas para deslocados de Namapa em Cabo Delgado

Resultante de contribuição voluntária de membros da Assembleia Provincial, 3,5 toneladas de produtos de primeira necessidade incluindo arroz e milho,…
Estudo indica que técnicas de Machine Learning permitem a diminuição de falsas previsões de crises de epilepsia

Estudo indica que técnicas de Machine Learning permitem a diminuição de falsas previsões de crises de epilepsia

Um estudo liderado pelo Departamento de Engenharia Informática (DEI) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC)…
Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Com objectivo de diminuir lacunas de habilidades e promover o crescimento económico, a Tanzânia pretende construir, nos próximos anos e…
Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Acompanhar os que vivem nos lugares mais remotos dos Andes é um desafio no Peru

Na Diocese de Tacna e Moquegua, que cobre uma vasta área na região do Altiplano, entre os Andes e o…