Moçambique: PM observa impacto da depressão tropical Ana em Nampula

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, inicia nesta quarta-feira, 26 de janeiro, uma visita de trabalho à província de Nampula, que terminará no sábado, dia 29. O objetivo é inteirar-se do impacto causado pela depressão tropical Ana.

Segundo um comunicado do gabinete do chefe do Governo, mencionado pela “Folha de Maputo”, a visita tem também como principais objetivos monitorar as ações em curso de resposta e assistência humanitária nas áreas atingidas pela referida depressão.

Servirá igualmente para manifestar a solidariedade do Governo para com as pessoas afetadas e avaliar as necessidades de reconstrução de emergência de infraestruturas sociais básicas que ficaram destruídas.

No programa de atividades de Agostinho do Rosário estão previstas visitas às zonas e infraestruturas afetadas pela depressão tropical Ana, bem como encontros com os órgãos de Representação do Estado na província, do Conselho Executivo Provincial e com os membros do Comité Operativo de Emergência.

Também estarão presentes no local a vice-ministra das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos, Cecília Sandra Chamutota, o vice-presidente do Instituto Nacional de Gestão de Desastres (INGD), Belém Monteiro, e ainda quadros do gabinete do primeiro-ministro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin