Moçambique

Moçambique: Polícias de Guarda atacados em Nangade

Governo da província de Cabo Delgado
Governo da província de Cabo Delgado

Os terroristas da província moçambicana de Cabo Delgado voltaram a atacar. Desta vez, as vítimas foram Polícias de Guarda-Fronteira, tendo a invasão decorrido na aldeia Mandimba, no distrito de Nangade, junto à fronteira com a República Unida da Tanzânia.

O ataque decorreu na passada sexta-feira, 22 de janeiro. Recorde-se que a Polícia de Guarda-Fronteira é um dos ramos da Polícia da República de Moçambique.

Segundo as fontes locais, não houve mortes, mas sim danos materiais. Entre esses estragos estão a destruição de tendas e ainda o roubo de comidas e de bens pessoais dos agentes. Não terá havido tempo para troca de tiros, uma vez que os agentes da Polícia de Guarda-Fronteira puseram-se em fuga logo após o surgimento dos criminosos.

Também de acordo com as mesmas fontes, o grupo armado terá permanecido na aldeia por mais três horas, de onde entraram e saíram de motorizadas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo