Moçambique: PR apresenta 80 pessoas capturadas por terroristas à população de Mocímboa da Praia

O Presidente da República, Filipe Nyusi, esteve esta terça-feira na vila de Mocímboa da Praia, onde apresentou à população local 80 pessoas que conseguiram fugir do cativeiro de grupos terroristas.

Tratam-se de indivíduos de diferentes idades capturados, em várias circunstâncias, durante as incursões terroristas. Filipe Nhusy, pediu perdão aos que acabam de se integrar na comunidade, depois de muito tempo sob custódia dos terroristas.

“Vocês são muitos aqui, muçulmano perdoa, cristão perdoa, vamos perdoar irmão e depois vai nos contar história, eu fui assim, assim, para não ir mais ninguém, ouviram? Então vamos perdoar, zangar com criança como esse, aquele que está no colo é tchanundu (malfeitor) aquele? É terrorista aquele? Então peço para dar perdão…. Moçambique é conhecido no mundo como um país de perdão entre irmãos”, advertiu o presidente da República.

Filipe Nyusi, autorizou igualmente a prática da pesca para abastecimento aos residentes da vila e de outros mercados como a cidade de Pemba.

One Comment

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…