Moçambique presente em reunião da ONU sobre Fundo de Emergência para 2024

A ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Verónica Macamo, participa a partir desta segunda-feira, 04 de dezembro, na reunião de alto nível das Nações Unidas sobre o Fundo Central de Respostas a Emergências para 2024.

Segundo a “Rádio Moçambique”, o evento onde Macamo estará presente até quarta-feira será dirigido pelo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres.

A representante do Governo moçambicano será uma das oradoras do encontro na sede da ONU. O seu discurso abordará a situação humanitária em Moçambique, o compromisso e resiliência do Governo em resposta à devastação causada por desastres naturais derivados das mudanças climáticas.

O Fundo Central de Respostas a Emergências da ONU foi criado em 2006. Desde então já disponibilizou ajuda humanitária a Moçambique estimada em mais de 122 milhões de dólares, destacando-se a recente doação de 16 milhões de dólares para auxiliar as vítimas do ciclone Freddy e do surto de cólera de 2023.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

A Vice-Presidente da República de Angola, Esperança da Costa, recebeu em audiência a líder da Assembleia Parlamentar da Organização dos…
Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

O antigo Primeiro-ministro e conselheiro especial do Presidente da República, Nuno Gomes Nabiam demitiu-se das funções alegando a “falta de…
Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

O Ministério do Interior da Guiné-Bissau informou esta segunda-feira, 19 de Setembro, ter detido 41 indivíduos de nacionalidade camaronesa, assim…
Angola: UE vai financiar novos projetos avaliados em 90 milhões de euros

Angola: UE vai financiar novos projetos avaliados em 90 milhões de euros

A União Europeia (UE) vai financiar, com 90 milhões de euros, quatro novos projetos, em Angola. O montante vai ser…