Moçambique: Presidente da República alivia medidas contra a covid-19 mas não baixa a guarda

O Presidente da República, Filipe Nyusi, decidiu esta quarta-feira manter o decreto 34/2021 de 20 de Dezembro, sobre as medidas de prevenção da COVID-19, mas com algumas excepções, sendo a de destaque a reabertura de todas as praias do país, das 05 horas às 16 horas, mas com proibição da venda de bebidas alcoólicas e aglomerados nesses locais.

O novo decreto, que vai vigorar por um período de 30 dias, também prevê a redução do período de quarentena de 14 para sete dias, a retoma do horário normal de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, extensão do número de visitas aos doentes internados nos hospitais de uma para duas pessoas por cada paciente e permissão de visita aos reclusos, duas vezes ao mês.

O Chefe do Estado anunciou ainda que já está a ser administrada a dose de reforço da vacina contra COVID-19 para as pessoas com 60 anos de idade ou mais. Na mesma senda informou que será administrada a dose de reforço para as mulheres grávidas, nos próximos dias. Em breve, vai iniciar a vacinação de crianças maiores de 15 anos de idade. Filipe Nyusi revelou que Moçambique tem vacinaS para imunizar toda a população moçambicana e que a toma da vacina é gratuita.

A terminar, o Presidente da República apelou às escolas para criarem condições sanitárias, de modo a que não se tornem focos de transmissão da COVID-19.

Aurelio Sambo – Correspondente

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

África do Sul trava entrada ilegal de moçambicanos no país

As autoridades sul-africanas impediram a entrada ilegal de 40 moçambicanos no seu território, por ocasião do regresso de várias pessoas…
Comissão Mista Angola-Brasil reúne-se entre março e abril

Comissão Mista Angola-Brasil reúne-se entre março e abril

A Comissão Mista Angola-Brasil vai reunir-se entre março e abril para impulsionar as relações de cooperação bilateral.  Esta foi uma…
Timor-Leste: PR diz que Brasil pode apoiar na autossuficiência na agricultura

Timor-Leste: PR diz que Brasil pode apoiar na autossuficiência na agricultura

O Presidente da República de Timor-Leste, José Ramos-Horta, partilhou publicamente que o Brasil pode apoiar o seu país a tornar-se…
Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Cabo Verde: PAICV comenta abandono da barragem de Canto de Cagarra

Os deputados do PAICV eleitos por Santo Antão alertaram nesta quinta-feira, 05 de janeiro, para a situação de abandono da…