Moçambique

Moçambique: Primeiro infetado com Covid-19 continua em casa

Ministro da Saúde, Armindo Tiago

O ministro da Saúde de Moçambique, Armindo Tiago, anunciou neste domingo, 22 de março, o primeiro caso confirmado do novo coronavírus (Covid-19), que foi “registado num indivíduo do sexo masculino de mais de 75 anos de idade, nacionalidade moçambicana, que retornou ao país de uma viagem ao Reino Unido em meados deste mês”.

O governante não revelou em que província do país o doente se encontra mas avançou que, devido à “sintomatologia ligeira, encontra-se em isolamento domiciliar”.

“Trata-se de um caso importado de infeção pelo coronavírus. O diagnóstico foi realizado pelo Instituto Nacional de Saúde usando a técnica da reação da cadeia de polymerase ou frequentemente referida como PCR. O paciente tem sintomatologia ligeira, encontra-se em isolamento domiciliar, está em seguimento clínico pelas autoridades de saúde do país”, esclareceu.

“Decorre neste momento, como mandam as regras da Organização Mundial da Saúde, o rastreio dos contactos para efeitos de monitoria e avaliação da transmissão do vírus”, acrescentou numa conferência de imprensa em Maputo.

Entretanto, enquanto o indivíduo infetado continua em casa e a receber medicação, as autoridades rastreiam os seus contactos. Cabe às mesmas saber com quem é que o infetado esteve desde que regressou de Londres, como familiares e amigos, para que todas as pessoas identificadas sejam testadas.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo