Moçambique: Primeiro-ministro comenta Plano de Reconstrução de Cabo Delgado

primeiro-ministro de Moçambique, Carlos Agostinho do Rosário

O primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário, declarou que o Plano de Reconstrução de Cabo Delgado, aprovado pelo Conselho de Ministros, visa acabar com a dispersão de ações. 

A afirmação foi feita nesta quarta-feira, 06 de outubro, na cidade de Pemba, localizada na província de Cabo Delgado. O governante acrescentou que o plano em questão está avaliado em cerca de 19 mil milhões de meticais (aproximadamente 255 milhões de euros), sendo destinado à reposição de infraestruturas sociais básicas na província afetada por frequentes invasões de grupos armados desde outubro de 2017. 

“A ADIN [Agência do Desenvolvimento Integrado do Norte] também está a fazer o seu trabalho, os nossos parceiros também. Mas verificamos que estávamos com muita dispersão de documentos e de ações. Neste momento já não existe documento da ADIN, dos parceiros, da equipa multidisciplinar que mandamos para cá. Existe um só documento que reflete toda esta aglutinação do que deve ser feito para a reconstrução e que chamamos Plano de Reconstrução de Cabo Delgado”, explicou. 

Agostinho do Rosário disse ainda que o plano serve igualmente para responder às necessidades da população que tende a voltar às zonas de origem.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Ursula von der Leyen em Portugal para participar em arruada e comício da AD

Ursula von der Leyen em Portugal para participar em arruada e comício da AD

A presidente da Comissão Europeia e candidata do Partido Popular Europeu (PPE) a um segundo mandato, Ursula von der Leyen,…
Exposição Quem és tu? inaugura em Lisboa, no Museu Nacional do Teatro e da Dança

Exposição Quem és tu? inaugura em Lisboa, no Museu Nacional do Teatro e da Dança

Depois de ter percorrido 10 concelhos do país desde março de 2023, a exposição chega ao Museu Nacional do Teatro…
Revista de Imprensa Lusófona de 06 de junho de 2024

Revista de Imprensa Lusófona de 06 de junho de 2024

“Angola na vice-presidência do Comité de Defesa e Segurança da UA”, indica a “Angop”. O “Correio da Kianda” escreve “FPU…
Embaixada dos EUA atacada no Líbano

Embaixada dos EUA atacada no Líbano

Um atirador foi capturado pelas autoridades libanesas após abrir fogo em frente à embaixada norte-americana em Aoukar, perto de Beirute.…