Moçambique: PRM responsabiliza Momade por ataques em Manica

A Polícia da República de Moçambique (PRM) em Manica declarou não ter dúvidas de que os homens armados que têm estado a realizar ataques na referida província fazem parte da autoproclamada Junta Militar da Renamo (JMR), liderada por Mariano Nhongo.

No entanto, a PRM culpa o presidente do maior partido da oposição em Moçambique, Ossufo Momade, pelo sucedido. “Não há qualquer diferença entre homens armados do general Nhongo e a Renamo de Ossufo Momade”, disse o porta-voz da polícia, Mário Arnaça.

Para o Comando Provincial da PRM em Manica, do ponto de vista de responsabilização, a JMR não é independente da formação política dirigida por Momade, considerando assim que o líder deve assumir a responsabilidade das ocorrências.

“No teatro das operações os homens armados da Renamo são a Renamo e não pode haver dúvidas em relação a isso”, acrescentou Arnaça, acusando diretamente o presidente da Renamo de ser parte responsável pelas mortes registadas no local.

Segundo a mesma fonte, as autoridades policiais estão a fazer os possíveis para que não morram mais pessoas. Quando questionado “até quando” a província irá assistir a estas situações, respondeu que não se pode estabelecer prazos e que o importante “é que as FDS [Forças de Defesa e Segurança] estão no terreno para garantir a ordem e tranquilidade públicas”.

“Eles têm um objetivo e nós também temos o nosso, que é continuar a garantir a ordem e segurança públicas”, frisou.

O último ataque feito por homens armados na zona foi registado nesta quarta-feira, 06 de novembro, na localidade de Pidanganga, distrito de Gondola, província de Manica, numa incursão que resultou na morte de duas pessoas e no ferimento de outras três.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Banco de Portugal fala de poucos oligarcas russos visados pelas sanções

Banco de Portugal fala de poucos oligarcas russos visados pelas sanções

O Banco de Portugal (BdP) instruiu os bancos para congelarem as contas de oligarcas russos, no âmbito das sanções aplicadas…
Moçambique: Deslocados autorizados a regressar a Mocímboa da Praia

Moçambique: Deslocados autorizados a regressar a Mocímboa da Praia

A Secretaria Distrital de Mocímboa da Praia, vila moçambicana da província de Cabo Delgado, informou as autoridades do distrito de Palma…
Guiné-Bissau satisfeita com a visita do primeiro-ministro português António Costa

Guiné-Bissau satisfeita com a visita do primeiro-ministro português António Costa

“A visita do primeiro-ministro [português] deixou os guineenses contentes. Portugal é um país irmão e não um amigo da Guiné-Bissau”,…
Ucrânia: Lviv não consegue acolher mais refugiados

Ucrânia: Lviv não consegue acolher mais refugiados

O presidente da Câmara de Lviv, Andriy Sadoviy, informou à “Reuters” que a cidade esgotou a sua capacidade para acolher…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin