Moçambique: Produtores agrícolas de Palma sem sementes para a campanha agrícola

Os produtores agrícolas do distrito de Palma, em Cabo Delgado, e parte das famílias que regressaram às suas zonas de origem, depois dos ataques terroristas, queixam-se de falta de sementes para a campanha agrícola 2023/24.

O Diretor do Serviço Distrital de Atividades Económicas, em Palma, Inssa Anssumane, tornou público que são necessárias, pelo menos, três mil toneladas de semente diversa para responder aos desafios da presente campanha agrícola.

Insta Anssumane afirmou que a zona de Palma está a voltar à normalidade, após os ataques terroristas, mas, no entanto, não tem provedores privados de produtos agrícolas, daí que o governo local esteja a trabalhar com a direção provincial de agricultura e a FAO para assegurar a assistência em sementes.

Outra das lacunas, acrescente-se, é a falta de técnicos. Os dados oficiais indicam que o distrito tem atualmente 24 técnicos com capacidade de assistir sete mil produtores.

Na campanha agrícola em curso, que teve a cerimónia de lançamento no passado dia 03 de novembro, o distrito de Palma espera produzir 73 mil toneladas de diversas culturas para alimentação e comercialização, em pequena escala.

Aurélio Sambo – Correspondente

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola presente em reunião de ministros do G20

Angola presente em reunião de ministros do G20

O ministro de Estado para a Coordenação Económica de Angola, José de Lima Massano, vai chefiar a delegação angolana que…
Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

A Vice-Presidente da República de Angola, Esperança da Costa, recebeu em audiência a líder da Assembleia Parlamentar da Organização dos…
Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

O antigo Primeiro-ministro e conselheiro especial do Presidente da República, Nuno Gomes Nabiam demitiu-se das funções alegando a “falta de…
Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

O Ministério do Interior da Guiné-Bissau informou esta segunda-feira, 19 de Setembro, ter detido 41 indivíduos de nacionalidade camaronesa, assim…