Pixabay License Grátis para uso comercial Atribuição não requerida

Moçambique: Quase todas as empresas fechadas em 2020 já reabriram

A ministra do Trabalho e Segurança Social de Moçambique, Margarida Talapa, informou que já reabriram quase todas as empresas encerradas em 2020, devido à pandemia da Covid-19

Apesar de não ter avançado números concretos e o nome das empresas, a governante disse que foram mais de 97% aquelas que reabriram. Esta decisão foi tomada após a diminuição de mortes e internamentos causados pelo coronavírus, o que levou ao levantamento de algumas restrições. 

“Conseguimos gerir e mediar os problemas que íamos tendo no dia a dia. Hoje podemos reafirmar que 97% das instituições empresariais que, no ano passado, tinham encerrado as suas empresas, retomaram as atividades. Os trabalhadores receberam as suas indemnizações, alguns retomaram as suas atividades e conseguiram fazer o acompanhamento da situação, caso a caso. Não tivemos problemas graves”, partilhou. 

De acordo com os dados da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, até abril deste ano mais de metade das 1.075 empresas que encerraram por se ressentirem da crise provocada pela Covid-19 voltaram a abrir portas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin