Moçambique recebe crédito de USD 300 milhões do Banco Mundial

O Banco Mundial aprovou um crédito de 300 milhões de dólares para o Projeto de Acesso a Finanças e Oportunidades Económicas em Moçambique, denominado “Mais Oportunidades”. 

Esta iniciativa visa apoiar o Fundo de Garantia de Crédito criado pelo Governo moçambicano e também promover a inclusão financeira, ao abranger grupos de poupança informais. 

A duração do projeto é de seis anos, sendo financiado pela Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA), um dos braços do Banco Mundial. 

“O Banco Mundial irá apoiar o Governo de Moçambique a enfrentar múltiplos choques económicos e os constrangimentos de mercado que impedem as micro, pequenas e médias empresas e indivíduos, incluindo trabalhadores informais, de aceder e usar serviços financeiros e aproveitar oportunidades económicas”, afirmou a diretora do Banco Mundial para Moçambique, Idah Z. Pswarayi-Riddihough. 

Com o crédito de 300 milhões de dólares, o projeto pretende apoiar diretamente o Pacote de Medidas de Aceleração Económica do Governo e ainda outras medidas, através da criação de um Fundo de Garantia de Crédito nacional, o primeiro deste género em Moçambique. 

Por sua vez, o referido fundo visa promover liquidez no sistema bancário e desbloquear financiamento para as pequenas e médias empresas, incluindo empresas pertencentes ou lideradas por mulheres, ou que operam em regiões ou setores vulneráveis aos choques climáticos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Secretário-geral da NATO quer adesão da Ucrânia até 2034

Secretário-geral da NATO quer adesão da Ucrânia até 2034

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenbeg, partilhou a sua esperança de a Ucrânia aderir à Aliança Atlântica nos próximos dez…
Angola: BD acusa MPLA de "manter refém o país e os cidadãos"

Angola: BD acusa MPLA de "manter refém o país e os cidadãos"

O Bloco Democrático (BD) considera que Angola vive os “piores momentos” das últimas três décadas, uma vez que “o regime…
Moçambique: Nyusi recebe homólogo de Timor-Leste

Moçambique: Nyusi recebe homólogo de Timor-Leste

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, recebe o homólogo timorense, José Ramos-Horta, nesta sexta-feira, 05 de julho, no gabinete…
Universidade de Coimbra integra projeto europeu pioneiro na área da Economia Circular

Universidade de Coimbra integra projeto europeu pioneiro na área da Economia Circular

A Universidade de Coimbra (UC) participa no projeto CHEERS4EU, focado na criação de “Circular Hubs” e na promoção de economia…