Moçambique: Renamo comenta “invenção da Frelimo” sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar da Renamo. Este foi anunciado no sábado, 26 de fevereiro, pelo chefe de operações das Forças de Defesa e Segurança, Chongo Vidigal. 

Para Mangibire, trata-se de uma “criação do próprio partido no poder [Frelimo], para continuar a falar-se da Junta Militar”. O objetivo da Frelimo, continuou, é acionar os esquadrões da morte, uma vez que o país se aproxima do processo eleitoral e, com “os problemas que o partido no poder tem, neste momento, esta é mais uma tentativa de desviar a atenção do povo moçambicano para algo que não existe”

O representante da maior formação política da oposição em Moçambique garantiu que a Junta Militar não tem um novo líder, depois de Mariano Nhongo ter sido abatido pelas autoridades em outubro do ano passado. Isto porque, prosseguiu, já não existem homens da Junta Militar nas matas, pois todos aderiram ao processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração

“Nós desmobilizámos, inclusive, muitos combatentes, se não todos, da Junta Militar, sem que tivesse havido algum acordo. Aqueles todos da Junta foram desmobilizados para que tenhamos uma paz sustentável e duradoura”, disse. 

Neste âmbito, questionou então, caso a informação seja verídica, quem será esse líder e quem serão os membros. “Quando lhe perguntam quem foi essa pessoa, diz que não conhece. Se não conhece, porque avançou a informação?”, perguntou, salientando que a obrigação do Estado é recolher toda a informação e, quando estiver madura, divulgar.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…
Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Cabo Verde regista três casos da sub-linhagem da variante Ómicron “BQ.1.1”

Segundo a Ministra da Saúde de Cabo Verde, Filomena Gonçalves, desde o início de novembro houve um pequeno aumento dos…
Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

Portugal reconhece qualificações académicas de 100 refugiados ucranianos

A Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) de Portugal já reconheceu as qualificações académicas de cerca de 100 cidadãos ucranianos desde…