Moçambique: Renamo diz que PRM vai “agir violentamente” em protestos

A Renamo acusa a Polícia da República de Moçambique (PRM) de estar preparada para “agir violentamente” se houver protestos do povo contra o custo de vida no país.

O principal partido da oposição lembra que se trata de uma postura que configura uma violação de direitos fundamentais.

“Circulam rumores de que a Polícia se encontre espalhada pelo país, sobretudo na cidade de Maputo, para agir violentamente, a qualquer momento”, disse o porta-voz da Renamo, José Manteigas, numa conferência de imprensa realizada na segunda-feira, 01 de agosto.

“O comportamento da Polícia da República de Moçambique corresponde a uma autêntica intolerância política e negação dos direitos fundamentais dos cidadãos”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Guiné-Bissau: Militantes do PRS integram MADEM e geram mal-estar entre direcções

Guiné-Bissau: Militantes do PRS integram MADEM e geram mal-estar entre direcções

No espaço de uma semana, dois militantes de peso do Partido da Renovação Social (PRS) anunciaram a desvinculação ao partido…
Rússia: Diplomata diz que acabou cooperação com o Ocidente

Rússia: Diplomata diz que acabou cooperação com o Ocidente

O chefe do Departamento de Planeamento da Política Externa do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Alexei Dobrinin, considera que…
Angola: MPLA fala de redução de 25% na taxa de desemprego

Angola: MPLA fala de redução de 25% na taxa de desemprego

O MPLA prevê reduzir a taxa de desemprego em cerca de 25% nos próximos cinco anos, caso vença as eleições…
Cabo Verde: MpD acusa edil da CMP de "ataques gratuitos"

Cabo Verde: MpD acusa edil da CMP de "ataques gratuitos"

Os vereadores do Movimento para a Democracia (MpD) na Câmara Municipal da Praia (CMP) acusam o edil Francisco Carvalho de…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin