Renamo abateu a tiro o secretário da Frelimo de Nhamatanda

Na localidade de Chidassícua, distrito de Nhamatanda, em Sofala, homens armados da Renamo mataram, na madrugada desta segunda-feira, o secretário local da Frelimo.

A vítima, de 66 anos, foi assassinada na sua residência com três tiros, disse o administrador de Nhamatanda, Boavida Manuel.

“Presume-se que estavam à procura do chefe da localidade mas porque este não estava no local dirigiram-se à residência do secretário da Frelimo. Balearam-no com 3 tiros e feriram a mulher na coxa, do lado esquerdo. Segundo o relatório médico preliminar, ela está fora do perigo”, esclareceu o administrador de Nhamatanda.

Há duas semanas, na localidade de Bebedo, também em Nhamatanda, homens armados da Renamo balearam um dirigente do partido Frelimo que ainda se encontrada internado no Hospital Central da Beira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Mais de 40 técnicos, afetos nas diferentes áreas e unidades orgânicas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), iniciaram, esta…
Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou neste domingo (20) a decisão, assinada por ele mesmo…
Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Desde o sábado passado, Moçambique está dividido, em resultado do arrastamento pelas águas das chuvas, de duas pontes ao longo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin