Moçambique

Moçambique: Renamo não quer dialogar com Junta Militar

Ossufo Momade, presidente da Renamo
Ossufo Momade

A Renamo afirmou que não vai dialogar com a Junta Militar, apesar de estar em curso a trégua de uma semana decretada pelo Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi. O objetivo da mesma é possibilitar a aproximação entre as partes. 

De acordo com o porta-voz do maior partido da oposição no país, José Manteiga, a Renamo considera que não existem condições para o diálogo. Tal deve-se às frequentes ameaças do dirigente da autoproclamada Junta Militar da Renamo, Mariano Nhongo, contra a integridade do líder da formação política, Ossufo Momade. 

As declarações foram feitas nesta quinta-feira29 de outubronuma conferência de imprensa realizada em Maputo. 

Para a Renamo, os actos praticados pela Junta Militar colocam em causa a segurança do Estado, sendo responsabilidade deste repor a ordem. 

Ainda assimo partido saudou o chefe de Estado pela decretação da trégua de uma semana, considerando que a mesma tem um poder persuasivo para chamar a razão aos integrantes da Junta Militar.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo